segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Obrigada,meu filho!


Há oito meses você veio.Até pouco tempo atrás me perguntava pra que.
Hoje algo mudou, hoje sou grata por voce ter me proporcionado esse momento curto porém maravilhoso de estar contigo.
Pena, mas pena mesmo ,foi ter sido tão pouco.
Sei que vou sofrer a vida toda pelo nosso pouco tempo juntos, mas...foi melhor que nada.Nunca mais a minha vida vai ser um nada, vai sempre haver nós 2, nós 3(pq seu pai tbem viveu tudo com toda paixão que existe).
Diziam e dizem ainda que um dia eu ia tirar uma lição disso tudo .Até agora só aprendi uma coisa: viva esse momento, ele pode acabar pra sempre!
Nós vivemos aquele momento, ainda bem!

6 comentários:

Dani Vitrolinha disse...

Ah, esse bebê é muito amado!E será pra sempre amiga...
Sabe o que é interessante? Eu conheço um montão de Eduardos, mas quando ouço esse nome, agora só me lembro de um... O seu Eduardo, eterno!

beijos.

A-N-A disse...

A gente sempre tira uma lição de tudo. Principalmente das coisas tristes que aocntecem.
Mais pelo que percebo, agora essa tristeza de não ter seu bebê está se tornando uma saudade. Eterna. É isso que estou "sentindo" em vc. Um bj

Lily Zemuner disse...

E ele vai ser sempre seu, sempre seu filho!! Sempre.

B-jo grande, querida.

Fá disse...

Que bom ver vc reagindo, fico muito feliz!E pode ter certeza que esse pouco tempo q vcs passaram juntos, tb ensinou muita coisa a ele, com certeza!Ele tb tinha que passar por essa experiencia!
Bjo

Anônimo disse...

olá...como vc disse antes é um previlégio ser mae...vc conheceu esse sentimento de amor incrivl...muitas mulheres sonham em conhecer...uma grane pena vc nao ter + tempo...nao se preocupe queria q vc fosse mamae novamente!

Anônimo disse...

Aryelle