domingo, 12 de julho de 2009

Diariamente


Um ano da sua morte, meu filho.
Pra mim ela se repete todo dia, quando acordo.

6 comentários:

Ana Paula disse...

Ele também te ama! e suas amigas também!

Isabela Sady disse...

Oi querida,
Com certeza...ele te ama muito.
super beijo
fique bem

Dessa disse...

O amor não morre nunca.

Marcela de Vasconcellos disse...

Um ano que ele cumpriu sua passagem por aqui.

Tem gente que não precisa e muito tempo pra gerar uma quantidade de amor tão grande, o Eduardo é uma dessas pessoas.

Deve ser muito difícil encarar a perda de um filho, não imagino o quanto, mas sei que ninguém carrega uma cruz maior do que aguenta.

bju no seu coração e de todos aqueles que vc ama.

A-N-A disse...

to aqui amiga, sempre. bj

Monica disse...

Vim deixar um beijinho prá vc, querida!