segunda-feira, 26 de abril de 2010

Ah...que calor!Ai que saudade


Não sou daquele tipo que se ta frio queria que fizesse calor ou se ta quente quer o frio mas seria tão interessante ter, pelo menos, um pouco de cada...
Vivo aqui, no limbo do verão.

Um eterno verão sem mar, sem marquinhas e com muitas roupinhas marcadas de nada glamourosos manchas de suor.

Porque elegancia no calor tem limite,né?E o limite é exatamente onde o ar condicionado não alcança.

Aliás, fico boba de não existir um monumento ao inventor do ar condicionado, que bem-aventurado esse ser!

Adoro a sensação de estar agasalhada, protegida, agora pro calor...não tem jeito, mesmo se despindo...Além de mais exposta, menos criatividade da pra usar.

Não que não goste do calor, goooosto, mas cansa...

Hoje senti tanto calor que minhas bochechas estavam queimando e me deu tanta saudade do frio que ate fui dar umas olhadas numas fotos de frio.

Vontade de vestir assim e entrar num freezer.Mas fico ensaiando no ar condicionado.
























4 comentários:

batatabelga disse...

Eu sinto falta do calor quando chega março pq aí já não aguento mais olhar pra cara das minhas roupas de inverno ... mas confesso que eu NUNCA sinto falta do calor de Vitória. Até curto quando estou lá pq estou de férias e posso passar o dia de short e camiseta, mas me dá agonia ver a minha irmã indo trabalhar de calça e salto afff.

Thaiza Nacaxe disse...

#EUODEIOARCONDICIONADO

Ana Paula disse...

Pra mim a primeira grande invenção do mundo foi a energia elétrica, e depois o ar condicionado, porque sem a energia ele não ia funcionar, hehehe, mas acho que deveria ter um monumento mesmo! Cadê o frio????

Monica disse...

Gosto do friozinho, mas o tempo anda tão maluco, nem sei se por aqui vai ter direito. Por mim, poderia ser o ano todo frio, kkkkk