quarta-feira, 6 de maio de 2009

Saudades do ninho


Olhando essa foto hoje em dia, consigo ver pessoas diferentes do que via ontem.

Meu pai e minha mãe.

Antes eu via 2 pessoas acima do mundo, os donos da vida, da minha vida.

É impressionante como os pais são o centro do mundo quando somos crianças.Me faziam sentir protegida de todos males da vida.Nada seria tão terrivel que meus pais não pudessem resolver.Nada era problema pra eles(eu acreditava q era assim).Lembro q uma vez meu pai ficou desempregado por um longo tempo e todo dia ia me buscar a pé na escola e comprava uma Pepsi pra eu e meus irmãos dividirem. Hoje imagino o tanto que isso podia ser ruim e desesperador pro meu pai com 3 filhos nessa situação, mas na época, o que o desemprego dele significava para mim era caminhadas e pepsi em família.É...realmente eu estava protegida pelo ninho.

Depois veio a fase de contestação, de achar que eles não eram os pais ideais, mas de alguma forma, eles continuavam em seus pedestais, intocaveis.

Hoje, olhando essa foto, consigo ver 2 outras pessoas, com defeitos e qualidades se sem poder nenhum de controlar nada, ninguém, nem eles mesmos.

Olho pra foto e me sinto desprotegida, onde estão meus heróis protetores? O que fizeram com meus portos-seguros??

Porque agora, na foto estão somente gente normal, como eu e você!

Que terrível descoberta a maturidade nos traz.

11 comentários:

Mr Lee disse...

Enjoy your blog.So kind.Good luck!
We hope that we will have the opportunity to make friends with you.
We invite you to come to our blog. You are welcome any time.

http://www.china-cutter.blogspot.com/

Anônimo disse...

Que texto lindo, Dani!!

A verdade é dura, né?


Dani

Karen disse...

Para mim essa descoberta de que eles são pessoas comuns, como eu, você, me fizeram perdoá-los por muita coisa. Foi uma descoberta muito importante pra mim :)

bjs

Dani Vitrolinha disse...

Pq a gente tem que amadurecer hein??????

Andressa disse...

Meus pais já mostraram desde que eu era bem nova que era gente de verdade.
Não cresci com muitas ilusões e mesmo assim continuava querendo e esperando deles coisas que nunca estiveram no nosso contrato.
Por isso acho que indenpendente de ter ilusão em relação aos supostos super poderes dos pais, a gente no fundo espera que eles possam nos salvar e fazer tudo ficar bem.
A maturidade me fez perceber que na verdade eles não tem esse poder e hoje sou grata pela ter sido obrigada a me virar sozinha.

Dri Campos disse...

Quando descobri que meus heróis são como eu sem poderes,descobri também que eu sou a heroina para eles.Não sei qual é o mais dificil..

Ana Paula disse...

eu sei bem o que é isso... Quero meus heróis de volta!

Anônimo disse...

"São crianças como você
O que você vai ser
Quando você crescer?"

Helena

A-N-A disse...

Dani, nunca vi um post tão lindo em toda a minha vida.
Lindo demais.
Infelizmente crescemos e nosso mundo deixa de ser uma eterna maravilha.
Um bj

Janaína Vianna disse...

Eu tb consegui perdoá-los por muita coisa, e entender tb. O que foi pior, foi procurar e não ahar mais nenhuma proteção. E me virar...mas como assim me virar??
Não sei até hj. Nem imagino como posso ser heroína pra minha filha...logo eu. Toda errada...

Monica disse...

Era exatamente isso que eu pensava quando criança e penso agora, adulta. Isso me dá um aperto!Enfim, mudando de assunto, essa foto é linda demais! Me lembra Romeu e Julieta.