terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

macéio




A boa impressão já começa no aeroporto, totalmente reformado, com ares tecnológicos moderníssimos. Depois, vem a visão do mar verde-claro, de hipnotizar. Graças à presença dos arrecifes, as praias de Maceió têm águas calmas e limpas, numa temperatura absolutamente agradável. O sol é de rachar o coco, mas, como o calorão é abrandado pelos constantes ventos, ninguém derrete nas andanças à beira-mar. A orla urbana, por sinal, foi recentemente revitalizada e está entre as mais bonitas do país, com ciclovias e uma grande área para caminhadas.

As principais praias da cidade são Ponta Verde, Pajuçara, Jatiúca, Cruz das Almas e Lagoa da Anta. Nas duas primeiras, estão concentrados quase todos os hotéis. Ambas contam com quiosques na areia e bons restaurantes. Ponta Verde tem ainda um mirante, onde muita gente admira o pôr-do-sol. Só tome cuidado para não chegar tarde: em Maceió, escurece cedo, por volta das 17h30. Já Pajuçara oferece um dos programas mais emblemáticos da região: o passeio de jangada até as piscinas naturais, no meio do mar. Lá, com a água pela cintura e peixinhos por toda parte, você contempla o horizonte incrível da cidade, enquanto toma uma caipirinha ou empresta a máscara do jangadeiro para olhar os cardumes multicoloridos de perto.

E não é só de mar que vive Maceió: a cidade também é famosa por suas imensas lagoas, que rendem longos passeios de barco. Um dos mais procurados é o chamado 9 Ilhas, que sai do Pontal da Barra, o bairro das mulheres rendeiras. De lá, a escuna passa pelas ilhas da lagoa Mundaú e termina seu trajeto na foz da lagoa Manguaba. O passeio dura cerca de três horas, mas você pode resolver esticar o programa para ver o sol se pôr dentro das lagoas, ouvindo só o barulho do vento.


ÁGUA DOCE e água salgada se encontram na praia do Gunga.
Se você tiver tempo, vale a pena pegar a estrada para explorar as atrações além dos limites da cidade. Ao sul da capital, a aproximadamente meia hora de carro, fica a lindíssima praia do Gunga. Há poucos anos, o lugar só era freqüentado por um punhado de mochileiros. Hoje, entretanto, ele parece um resort, com uma infinidade de esportes náuticos, como o jet-ski e o parapente, e até música ao vivo – help! Para fugir da muvuca e curtir como se deve o encontro do rio São Miguel com o mar, vá a Gunga no meio da semana. Você pode ir de carro (atravessando uma propriedade particular) ou também de catamarã, vindo da Barra de São Miguel – a praia do badalo chic, onde os VIPs de Maceió têm as suas casas de veraneio. A escolha do point não é aleatória: com bancos de areia e uma paisagem de mar e água doce, a Barra de São Miguel é uma das mais bonitas do estado.

Se você optar por sair da capital e seguir na direção norte, percorrendo a chamada Costa dos Corais, também vai encontrar um lugar mais paradisíaco que outro. Como se não bastassem as belezas naturais, esse trecho conta com algumas das pousadas mais charmosas do Brasil. sucessão de praias bonitas não pára e cruza a fronteira com Pernambuco. Mas, se não quiser sair de Alagoas, conheça pelo menos Maragogi, quase na divisa, para vislumbrar as concorridas piscinas naturais repletas de peixes, que não parecem ter o menor medo dos turistas.

2 comentários:

Beth Barbalho disse...

Acabei de vir de lá, tem foto no meu blog. E CONFIRMO tudo que o texto diz. É liiindo!

Celular disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Celular, I hope you enjoy. The address is http://telefone-celular-brasil.blogspot.com. A hug.